Tiago Pinheiro

Tiago Pinheiro
Crédito: Divulgação
Filho do maestro Benito Juarez e irmão da cantora Carmina Juarez, o paulista Tiago Pinheiro também faz sua estreia como cantor de música popular brasileira. Seu primeiro disco, que leva seu nome, tem como foco principal aqueles que ele considera seus "pais musicais", ou seja, a geração - musical - imediatamente anterior à sua. Além da geração reverenciada por Tiago (Caetano Veloso, Moraes Moreira, Milton Nascimento), Arrigo Barnabé, Luiz Gonzaga e o genial compositor e violeiro Elomar ainda entram na roda. Ele também interpreta músicas do cancioneiro popular, do candomblé e da santeria cubana. Com interpretações que fogem do lugar-comum, Tiago Pinheiro, que fez curso de especialização em voz na Berklee College of Music (Boston, EUA), se preocupa em fazer uma música de qualidade com arranjos bem elaborados e com bastante destaque para a tradição musical brasileira. Tiago também foi o criador e diretor do Grupo Beijo, do Coralusp, que teve intensa atuação no cenário musical paulistano no final dos anos 1980, e regente da "Missa em memória a Artur Bispo do Rosário", de Arrigo Barnabé. Atualmente atua como protagonista da ópera "O homem dos crocodilos", também de Arrigo.