Paulo e Chico Caruso

Paulo e Chico Caruso
Crédito: Bruno Descaves
Paulo Caruso Paulistano, arquiteto formado pela FAU/USP, Cartunista e Caricaturista, já trabalhou em todos os grandes jornais e revistas do país. Na revista Isto É, onde por mais de 25 anos, manteve a coluna Avenida Brasil na ultima página, fazendo um retrato bem humorado da nossa política, seu trabalho se tornou mais conhecido. Hoje em dia publica essa página na revista Domingo do Jornal do Brasil, no Rio de Janeiro. Atualmente é contratado pelo Jornal do Brasil, onde faz seus comentários bem humorados sobre a política e a vida na cidade, e no Roda Viva, da TV Cultura, faz caricaturas ao vivo das personalidades e assuntos debatidos . Músico e compositor, tem dois CDs de sátira política musicada, "Pra Seu Governo" pela Dabliú Discos e "E La Nave Va...doppo Fellini" pela Som Livre. Em 2003, lançou um livro de desenhos e textos sobre nossa cidade, intitulado "São Paulo por Paulo Caruso", pela MM Comunicações e IMESP, e em 2008 lançou mais uma coletânea da série Avenida Brasil, "Se Meu Rolls Royce Falasse", pela Devir Editora. Chico Caruso Nascido em São Paulo, em 1949, gêmeo de Paulo Caruso, Chico Caruso começou profissionalmente como chargista na Folha da Tarde em 1967. Arquiteto, formado pela FAUSP em 1976. Em 76 foi para a Isto É em 78, JB em 84 O Globo onde está há mais de 20 anos. Além dos livros de charges, editou um trabalho sobre Picasso (funarte - 1986) e escreveu uma peça teatral sobre O Amigo da Onça, criação imortal do caricaturista Péricles Maranhão, em 1988. Ganhou em em 1976 o maior prêmio da história do Salão de Humor de Piracicaba. Foi o artista homenageado em 2005 pelo Salão Carioca de Humor, promoção da Casa de Cultura Laura Alvim, com uma sala especial sobre as animações de suas charges no Jornal Nacional, da TV Globo. Desde 1985 participa com o irmão gêmeo de um trabalho de sátira política musical, onde pode manifestar seus talentos dramáticos e dons histriônicos.