Ná Ozzetti

Ná Ozzetti
Crédito: Gal Oppido
Nasceu em São Paulo, onde começou a carreira profissional em 1979 como integrante do Grupo Rumo, com o qual gravou seis discos, realizou inúmeras apresentações e uma DVD lançado em 2004 em co-produção com a TV Cultura de SP. Na discografia solo constam oito prestigiados CDs. No decorrer de sua carreira trabalhou em projetos solo e com outros artistas, incluindo composições próprias em parceria com: José Miguel Wisnik, Itamar Assumpção, Luiz Tatit, Dante Ozzetti, Suzana Salles, Zélia Duncan e Alice Ruiz. Também participou em CDs de Tom Zé, Zeca Baleiro, Pena Branca e Xavantinho, Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo, trilhas para o ballet do Grupo Corpo - Parabelo (Zé Miguel Wisnik/Tom Zé) e cinema Cabra - Cega (Fernanda Porto), entre outros projetos. Em 1995, pelo lançamento do CD NÁ, a cantora recebeu dois Prêmios Sharp: "Melhor CD" (produzido por Manny Monteiro) e "Melhor Arranjador" (Dante Ozzetti) - cat. Pop-rock. Em 2000 recebeu o Prêmio de Melhor Intérprete por sua participação no Festival da Música Brasileira, da Rede Globo de Televisão, interpretando a canção Show, de Luiz Tatit e Fábio Tagliaferri. Em 2004, com o pianista e compositor André Mehmari formou o Duo de piano e voz. No mesmo ano participaram do livro Três Canções de Tom Jobim (Editora Cosac & Naify) com a gravação de Suíte Gabriela, Sabiá e Águas de Março. Recentemente, Ná tem atuado em alguns trabalhos simultaneamente, entre eles, o duo com o pianista e compositor André Mehmari, o trio formado com o violeiro Ivan Vilela e Dante Ozzetti e o quinteto com Mário Manga, Dante Ozzetti, Sérgio Reze e Zé Alexandre Carvalho.