Eduardo Gudin

Eduardo Gudin
Crédito: Joana Gudin
Eduardo dos Santos Gudin nasceu no ano de1950, na cidade de São Paulo. Compositor, cantor, instrumentista (violonista), arranjador, produtor musical. Aprendeu a tocar violão aos 13 anos de idade. Aos 16 anos, em 1966, iniciou sua carreira na TV Record, levado por Elis Regina. Participou em 1968 e 1969 do grande festival de música dessa mesma emissora, estreando como compositor. Venceu na TV Tupi, em 1971, o festival universitário com o samba "E lá Se Vão Meus Anéis". Começou a ser gravado por outros Intérpretes, como Jair Rodrigues, Márcia, Beth Carvalho, Clara Nunes, Originais do Samba, Carmen Costa, MPB-4 e outros. Em 1973, foi contratado pela gravadora Odeon e lançou 4 álbuns, entre eles: "Eduardo Gudin", "O Importante é Que a Nossa Emoção Sobreviva" 1 e 2, além de "Mãos Vazias". Em 1977, pela Continental, lançou "Coração Marginal", e, em 1981 lançou de forma independente o LP "Fogo Calmo das Velas". "Ensaio do Dia" (1983) e "Balãozinho" (1985) encerram sua passagem pela gravadora. Nesse mesmo ano, é gravado por Gal Costa com a música "Bem-Bom", título do disco de Gal. É gravado também por Paulinho da Viola com a música "Documento". Leila Pinheiro é revelada com a música "Verde", no Festival da TV Globo de 1985. Eduardo Gudin e Vânia Bastos", "Eduardo Gudin e Notícias Dum Brasil", "Pra Tirar o Chapéu" (Dabliú), "Luzes da Mesma Luz", com Fátima Guedes e Orquestra (Dabliú), "Eduardo Gudin & Notícias Dum Brasil - Um jeito de fazer Samba" (Dabliú) e "Eduardo Gudin & Leila Pinheiro - Pra Iluminar" (gravado ao vivo no Teatro Fecap), lançado no 2009, completam sua discografia. Também em 2009, recebe homenagem em CD pela cantora Dona Inah, que grava sua obra em "Olha quem chega" (Dabliú). Como produtor, no ano de 1985, criou e dirigiu o 1o Festival Universitário da TV Cultura, que revelou Arrigo Barnabé. Com ele formou a Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo, da qual foi Diretor Artístico de 1989 a 1991. É um dos fundadores da Universidade Livre de Música, criada em 1990. Em 2010, reuniu todos os integrantes das quatro formações do grupo Notícias dum Brasil (Mônica Salmaso, Fabiana Cozza, Luciana Alves, Renato Brás, entre outros) para duas apresentações históricas no Teatro do SESC Pompéia. Algumas músicas e parceiros : Paulista, Verde, Um Jeito de Fazer Samba, com Costa Netto; Ainda Mais, Sempre se pode sonhar, com Paulinho da Viola; E Lá Se Vão Meus Anéis, Maior é Deus, Veneno, A Velhice da Porta Bandeira e Mordaça, com Paulo César Pinheiro; Cidade Oculta, Lenda e Bem-Bom, com Arrigo Barnabé; Velho Ateu, Cidade Oculta, Lenda, Euforia, com Roberto Riberti; Mente e Longe de Casa, com Paulo Vanzolini; Mundo, Estrela e O Melhor Carinho, com Elton Medeiros; Ângulos, com Caetano Veloso; Euforia, com Nelson Cavaquinho; Obrigado, Pra Iluminar, Jongo Trio, Praça 14 Bis, Samba de Mágoa, O Amor e Eu, Acendeu - Eduardo Gudin