Luzes da mesma luz

Intérprete:
Eduardo Gudin e Fátima Guedes
Código do CD:
DB0102
Código de barras:
789833903022-4
Ano:
2003
Gênero:
MPB
Obs.:
disponível apenas para Download. Intérpretes: Eduardo Gudin e Fátima Guedes
Compre e baixe no
UOL Megastore
Grande nome da música popular brasileira, com mais de 200 composições, Eduardo Gudin dá vazão ao seu talento de arranjador no CD "Luzes da Mesma Luz", cujas canções são interpretadas por Fátima Guedes. A partir da iniciativa do SESC São Paulo, e do próprio Eduardo Gudin, foi possível realizar esse encontro inédito na música popular brasileira: o compositor, músico e arranjador paulistano ao lado da intérprete e também compositora Fátima Guedes, acompanhados por uma orquestra formada exclusivamente para a gravação deste trabalho em que Gudin revisita seus mais de trinta anos de carreira. Para o repertório de "Luzes da Mesma Luz", Gudin selecionou as composições que considera mais importantes em sua carreira, dentre elas "Verde" e "Paulista", em parceria com J.C. Costa Netto; "Velho Ateu", com Roberto Riberti, além de "Mordaça", uma canção consagrada, feita em parceria com Paulo César Pinheiro nos anos 70, e que foi hino de todos que resistiam ao regime militar. "A ideia não foi fazer um songbook. Apenas tive a necessidade de mostrar meu trabalho como arranjador e compositor", explica o artista. O CD - cujo nome partiu da canção homônima de Gudin e Sérgio Natureza, gravada no primeiro disco do grupo Notícias dum Brasil, comandado por ele - traz ainda cinco canções inéditas, como o samba "Apaixonada", em parceria com Jota Petrolino, "Néo-Brasi"l e "Canção Serena", do compositor, além da "Abertura instrumental", também de sua autoria. O entrosamento entre os cantores e a orquestra foram a marca das gravações que aconteceram no estúdio do SESC Vila Mariana durante inesgotáveis horas de lapidação do trabalho. O compositor e arranjador paulistano, que sempre fez questão de ter pelo menos uma faixa orquestrada em seus discos, caprichou na composição da orquestra. São vinte instrumentos de cordas, incluindo violinos, violas e violoncelos, e nove de sopro, como clarone, trompetes, trompa, trombone, clarineta, flautas e saxofones, sendo o violão do compositor o guia do time de base, formado por Lito Robledo (contrabaixo), Luís Carlos de Paula e Jorginho Cebion (percussão) e Toninho Pinheiro (bateria). Todos os arranjos são de autoria de Gudin.